Politics

Argentina receberá investimentos de US$ 23 bilhões após aderir à Rota da Seda chinesa


Anúncio foi feito pelo presidente Alberto Fernández, após conversa com o líder chinês Xi Jinping


Siga o Brasil 247 no Google News

247 – A Argentina deu um passo importante para acelerar seu desenvolvimento econômico ao aderir à Roda da Seda, projeto liderado pela China, que financia projetos de infraestrutura nos países que se tornam seus grandes parceiros econômicos. O anúncio foi feito pelo presidente Alberto Fernández, após conversa com o líder chinês Xi Jinping. Fernández também projetou investimentos de US$ 23 bilhões nos próximos anos. Dias atrás, a Rússa anunciou que a Argentina poderá passar a integrar o bloco dos BRICs, originalmente formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O Brasil, no entanto, vem se afastando dos BRICs desde o golpe de estado de 2016, contra a ex-presidente Dilma Rousseff, que praticamente recolocou o país como colônia dos Estados Unidos. Confira, abaixo, a mensagem postada por Fernández:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.