Politics

PP aceita convite de Leite para compor próxima gestão tucana


O presidente estadual do PP, Celso Bernardi confirmou ao governador eleito, Eduardo Leite (PSDB) nesta terça-feira a noite, que a sigla integrará o próximo governo tucano. O partido, que fez parte da chapa que elegeu Leite em 2018, na eleição deste ano apresentou candidatura própria com o senador Luis Carlos Heinze. Na semana passada, o governador eleito reuniu-se com a bancada eleita do PP e fez um convite oficial para que ingressassem na base. 

A resposta favorável foi dada por Bernardi, que justificou “governabilidade”, e, além disso, entregou um documento no qual pede a inclusão de propostas que faziam parte do plano de governo de Heinze. A participação da sigla representa conquista, que já era esperada, para Leite, uma vez que o PP torna-se a maior bancada aliada na próxima gestão, com sete deputados eleitos. São eles: Adolfo Britto, Ernani Polo, Frederico Antunes, Guilherme Pasin, Joel Wilhelm, Marcus Vinicius e Silvana Covatti.

Com o anúncio, o próximo passo será o debate de como a sigla participará do governo. “Na discussão, queremos a possibilidade de ter uma participação proporcional à nossa representatividade”, citou Bernardi. Na primeira gestão de Leite, o PP esteve à frente, por exemplo, da Casa Civil, nos primeiros anos e da Agricultura, pasta considerada estratégica para o partido, além de ocupar a liderança do governo na Assembleia, com Frederico Antunes.


 





Source link

x