Politics

Preços do petróleo caem cerca de 3% com aumento de estoque dos EUA e avanço de Covid na China


Por Laila Kearney

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo caíram cerca de 3 dólares o barril nesta quarta-feira, depois que dados da indústria mostraram que os estoques de petróleo dos EUA aumentaram mais do que o esperado e por preocupações de que uma retomada nos casos de Covid na China, principal importador, prejudicaria a demanda por combustível.

Os contratos futuros do Brent fecharam a 92,65 dólares o barril, perdendo 2,71 dólares, ou 2,8%, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) fechou em 85,83 dólares o barril, recuando 3,08 dólares ou 3,5%. Os benchmarks caíram cerca de 3% na terça-feira.

Os estoques de petróleo dos EUA subiram 3,9 milhões de barris na semana passada para 440,8 milhões de barris, com a produção de petróleo aumentando para cerca de 12,1 milhões de barris por dia, mostraram dados da Administração de Informações sobre Energia dos EUA. Analistas em uma pesquisa da Reuters esperavam um aumento de estoque de 1,4 milhão de barris.

“O relatório foi mais uma vez misto, mas inclinado para baixa, com o aumento do petróleo bruto e o salto na produção doméstica”, disse John Kilduff, sócio da Again Capital LLC em Nova York.

Os casos de Covid em Guangzhou e outras cidades chinesas aumentaram, com milhões de moradores do centro de manufatura global sendo obrigados a fazer testes de Covid-19 nesta quarta-feira.

“Com essa narrativa (da reabertura da China) sendo adiada, juntamente com uma construção considerável nos dados de estoque dos EUA, implicando em diminuição da demanda dos EUA, as equipes recessivas estão de volta com força total esta manhã na Ásia”, disse em nota Stephen Innes, sócio-gerente da SPI Asset Gestão.

(Reportagem de Laila Kearney; com reportagem adicional de Noah Browning em Londres, Sonali Paul em Melbourne e Isabel Kua em Cingapura)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEIA811W-BASEIMAGE

Siga a Istoé no Google News e receba alertas sobre as principais notícias




Source link