Politics

“Sionismo fomenta guerra religiosa no Nobre Santuário, onde forças de ocupação deixaram 150 palestinos feridos”, diz professor

[ad_1]

Joseph Massad, da Universidade de Colûmbia traça a história da contestação de lideranças sionistas do caráter islâmico do centro




[ad_2]

Source hyperlink

Leave a Reply

Your email address will not be published.